READING

Motorhome com crianças: uma memória para a vida in...

Motorhome com crianças: uma memória para a vida inteira

Acredito que todos quando pensam num destino para fazer de motorhome a California tá lá no topo da lista. E realmente deve estar, apesar de que, depois de fazer esta viagem, parece que todos os destinos fazem sentido rss

Esta frase responde a pergunta: viajar de RV é daqueles programas para se fazer uma vez na vida? Espero que todas as experiências sejam como a nossa para também responderem de boca cheia que não.

Foi demais! Cada vez que marcamos outra viagem as crianças perguntam “é de carro-casa?” e a cada resposta negativa vem um “ahhh” frustrante e coletivo.

Importante saber:                                                                                                                   
– motorhome = RV (nome que você vai ver quando for pesquisar)
– a diferença para o trailer é que este necessita de carro para engate

Rápida elucidação sobre as classes A, B e C, já que são elas que vão aparecer nas suas buscas e não entender nada dá um certo desespero.

Classe A: parecem ônibus, com seus 6 a 14 metros de comprimento ou mais, podendo acomodar até 10 passageiros. Embora possam ser a diesel ou a gás, o consumo de combustível porde chegar a 10mil km/litro! Apesar disso, é o mais confortável e “luxuoso” para um número grande de pessoas.

Classe B: Também conhecidas como vans-dormitório ou camper-vans, são os máis ágeis e menores. Embora tudo mais apertado, possui cozinha, banheiro, cama e armazenamento. Se a ideia for só dormir, a opção é boa no quesito facilidade de se locomover e estacionar.

Classe C: esta foi a nossa escolha.
Basicamente a diferença para o A está no design e espaço. Enquanto a Classe A se preocupa em ter um aspecto mais premium, os RVs da Classe C são um pouco mais compactos e por isso consomem menos combustível. São construídos em um chassi de caminhão normal, o que faz algumas pessoas se sentirem muito mais confortáveis ao dirigi-los do que um grande ônibus Classe A.

RV OU TRAILER? QUAL ALUGAR:
A resposta está em quem responde: para as crianças RV com toda a certeza, para os pais talvez o trailer rss

Andar num carro-casa (como a turma aqui chama) só tem graça no RV, pois eles literalmente veem a casa andando. É possível comer e brincar em movimento.

Em contrapartida, este movimento constante te exige estar com tudo sempre organizado, pois a cada curva o que não foi guardado pós café da manhã pode parar no teto.
Lógico que todos os acidentes- e garanto que serão vários – depois vira mais lembranças e histórias para contar (mas na hora… 🙈)

Fora isso, como o trailer você estaciona no camping e lá ele fica, facilita também a locomoção no dia a dia no seu destino. Além de andar mais devagar, para estacionar o RV você precisa encontrar não apenas de duas a três vagas, mas todas elas juntas 🤦🏼‍♀‍

Não ajudei? Realmente a escolha perfeita não existe… em certos momentos você vai preferir uma coisa ou outra. Acredito que com criança vai ser bem frustante ficar viajando dentro de um carro normal, enquanto uma casa cheia de histórias é puxada atras. Mesmo com o emepenho de não ter onde parar, andar mais devagar e em alguns lugares mau o trambolho passar, enquanto minha dupla ainda for pequena, acredito que eu vá encarar o RV.

PRECISA RESERVAR E/OU ESTACIONAR EM CAMPING?
Não obrigatoriamente, porém não são todos os lugares que permitem simplesmente estacionar e dormir (como se imagina). Além disso, a expressão “full huck up” dos campings significa que o local possui conexão com esgoto, água e eletricidade, o que (a não ser que fique bem poucos dias) em algum momento você irá precisar para liberar ou encher as caixas de esgoto e água.

Sobre reservar, conseguimos bons lugares aparecendo na hora e perdemos muitos destinos por estarem lotados (sim, eles lotam e facilmente!). Então a dica é: se tiver certeza em qual cidade vai dormir (o que muitas vezes nós não tínhamos), reserve!


* os camping da KOA (@kampgroundsofamerica) são sempre incríveis para as kids.

DICAS ÚTEIS:
– Leve luva descartável para a conexão do tubo de esgoto (e nos escreva agradecendo depois rss)
– Não estacione na ladeira se for tomar banho
– Por mais que tenha louças, compre alguns descartáveis
– Leve produtos de limpeza básicos
– Leve ou alugue cobertor
– Se o trajeto for longo, considere pegar o carro numa cidade e devolver em outra ou faça o roteiro para ir parando tanto na ida quanto na volta (claramente não fizemos isso e nos arrependemos 🤦🏼‍♀‍)

– ignore a bagunça e deixe a criançada se divertir!!

 

O ROTEIRO:
Pegamos o carro apenas no quarto dia de viagem (antes ficamos em São Francisco – clique aqui), dormindo num hotel ao chegar.

O waze, google maps e qualquer outra forma de GPS tentou nos faezr não pegar a Highway 1 para descremos a costa de todas as formas. Parece que ela sabia que o caminhão que estávamos dirigindo demoraria horassss. Realmente considere 1/3 a mais do tempo inicial, mas vale a pena. MUITO, aliás. Durante horas eu nem vi o tempo passar. A paisagem faz parte da viagem, sem dúvida.

No caminho paramos diversas vezes para fotos e dar uma esticada nas pernas. Vimos muitos leões marinhos e lugares que jamais vou esquecer.

A distribuição dos dias e lugares foi assim:
– São Francisco 3 noites (hotel)
– Parque nacional de Yosemite 3 noites
– Santa Cruz 2 noites
– Malibu 2 noites
– San Diego 3 noites
– Carmel 1 noite
– São Francisco 1 noite (hotel)

Tem muitas cidades com uma proximidade enorme entre uma e outra sendo possível passear durante o dia e voltar ou conhecer no caminho entre um lugar e outro, o que nos levou a conhecer Capitola, o centro de Los Angeles, Santa Monica, Venice beach, Huntington beach, Ventura e Mavericks (para ver as famosas ondas gigantes).

Comentários extras:
Santa Cruz é pequena mas nos mudaríamos para lá rss
Carmel é uma graça
O fish tacos do Spencer Makenzies em Ventura vale a entrada
Venice beach ta caída mas é o que te faz sentir que foi para a California
O zoológico de San Diego é o máximo
Yosemite é um lugar único no mundo e tem um post só para ele (clique para Yosemite com neve, filhos e motorhome)

Com o maridão em busca de ondas para surfar, muitas vezes mudávamos os planos. No final fizemos tudo que planejamos em tempos e dias diversos, faltando apenas visitar o aquário de Monterey que parece ser um lugar incrível para levar as kids.


Posts relacionados

INSTAGRAM
NOS SIGA PRA MAIS EXPERIÊNCIAS